Arquivo da categoria: Versos

A qual lugar você pertence?

Repito: a qual lugar você pertence? Saberia me dizer, assim de bate-pronto, para onde você deseja ir? Nem tanto ‘quem é você’, mas sim, o ‘pertencer’ a algum lugar. A gente se sente confortável em determinadas em algumas situações. Em … Continuar lendo

Publicado em Blogosfera, Cotidiano, Versos, Vida do Disimo | Marcado com , , | Deixe um comentário

Um pouco de sentimentalismo não faz mal a ninguém. Ou faz?

Ergueu a tampa. O leve rangido da dobradiça, há muito gasta, denunciou a abertura da pequena e empoeirada caixa de madeira. Retirou de lá, cuidadosamente, todo o seu conteúdo. Era frágil. Ao tocar o pequeno embrulho, as mãos se aqueceram … Continuar lendo

Publicado em Variedades, Versos, Vida do Disimo | 3 Comentários

Saudades (republicação)

Publicado em 26/12/2008 Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de … Continuar lendo

Publicado em Cultura, Versos, Vida do Disimo | Marcado com , | 1 Comentário

“Não posso ficar, nem mais um minuto com você…”*

Consta que a primeira tentativa de medir e o tempo foi por volta de 3000 a.C, quando egípcios e babilônios usaram um bastão fincado no chão para registrar, pelo sol , a passagem do tempo. Esses povos também foram os … Continuar lendo

Publicado em Variedades, Versos, Vida do Disimo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Amanhecendo a cidade

A pálida claridade apareceOs vapores das respirações se cruzam,Formam mil espirais em direção ao céu.A grama molhada.O barro encharcado.A fumaça sufocante.O concreto isola,Impermeabiliza as relações sociais.O céu começa a limpar.As nuvens deixam aparecerPedaços do azulInabalável,Inatingível.O Sol que há muito nasceuInicia … Continuar lendo

Publicado em Versos | Deixe um comentário

A dúvida sobre a existência de algo divino extingue-seNo momento que a linda manhã se levanta.Quem durante essa semanaOu mêsOu anoParou para observar o sol nascendo,Cobrindo a cinza cidadeA selva de pedraCom seus raios dourados,Esplendorosos,Cheios de vida?E a noite?Quem parou … Continuar lendo

Publicado em Versos | 1 Comentário

Saudades

Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, Versos | 2 Comentários