O jeito de (mal)tratar da Unimed Paulistana

Abaixo, reproduzo vídeo e texto da amiga Larissa Mayra sobre o descaso com o qual ela e sua mãe foram tratadas pela seguradora de saúde Unimed Paulistana.

Palavras não expressam a minha indignação e descontentamento com o desrespeito, não só ao cliente como ao próximo, por parte da Unimed Paulistana.

No dia 9 de abril de 2012, acompanhei a minha mãe – devido um tumor na cabeça – até o Hospital Oswaldo Cruz para passar no pronto-atendimento.

Chegando lá fomos informadas que o convênio Unimed Paulistana, da qual somos seguradas, não cobria o serviço solicitado.

Caso tivéssemos ido lá apenas por escolher um bom hospital, não haveria problema nenhum. A questão é que a própria Unimed nos informou que o hospital atendia pronto-atendimento e internação.

Após quase seis minutos de ligação, esperando na linha para falar com algum funcionário da Unimed, me disseram que a informação que nos foi passada estava errada. Sim, acreditem. Estava com a minha mãe em estado grave esperando atendimento no hospital e não podíamos ser atendidas por um erro do convênio. Conversei com a atendente e com sua superior durante quase trinta minutos. Nada foi solucionado. Apenas pediram desculpas em nome da empresa e indicaram dois outros hospitais próximos ao que estávamos.

Mesmo com os ânimos e emoções à flor da pele, uma vez que minha mãe precisava de atendimento com urgência, tentei manter a calma e pedir uma solução do convênio, pois não poderíamos sair sem atendimento no estado em que ela se encontrava.

Mais uma vez, nada resolvido. E, quando pensei que a situação não poderia piorar, sem saber as condições da paciente, inclusive se ela estava apta a se locomover, a atendente teve a audácia de falar: “é só atravessar a rua que já está no Santa Catarina”. Para se ter uma noção da gravidade da situação, horas depois minha mãe passou por consulta com uma neurologista no Hospital Santa Catarina e já no dia seguinte teve de ser operada com urgência. A cirurgia durou 10 horas.

Pedi para falar com seu superior. A atendente me transferiu e, após explicar o que estava acontecendo, tenho a seguinte resposta: “mas, veja bem, se a sua mãe está com um tumor na cabeça, ela deveria procurar um especialista e não um hospital.”

Agora eu pergunto: onde fica a responsabilidade por parte do convênio? Onde está o tratamento digno que os pacientes devem ter? Os atendentes estão treinados para lidar e passar informações corretas para os clientes?

A informação que nos foi passada estava errada e nós mesmas tivemos que arcar com as consequências. Ficamos cinquenta minutos na porta do hospital esperando uma solução da Unimed e nada aconteceu.

Pagamos para ter um serviço e, este mesmo serviço, não condiz com as mínimas expectativas.

Posteriormente fomos informadas que o Hospital Oswaldo Cruz não atende clientes da Unimed Paulistana, em pronto-atendimento, há quatro anos.

Como é que uma empresa que trata da saúde de seres humanos não tem nem respeito pelos mesmos?

Quero frisar que ambos os hospitais NÃO TIVERAM CULPA em nenhum momento e lembrar que minha crítica não é direcionada a eles, mas sim à Unimed Paulistana.

Portanto me vejo no dever de alertar as pessoas sobre a péssima qualidade do plano de saúde que a Unimed Paulistana oferece. Também exijo uma explicação e um posicionamento por parte da empresa, uma vez que trataram o caso como um simples erro corriqueiro.

Larissa Mayra

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Cotidiano e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s