Wikileaks: Brasil vulnerável ao terrorismo

Traduzido, adaptado e resumido da notícia do The Washington Post sobre mais um telegrama da diplomacia americana envolvendo o Brasil.

“A queda de um avião roubado próxima da cidade Brasília em 2009 expôs a vulnerabilidade do Brasil a atos terroristas, disse um telegrama diplomático revelado pelo WikiLeaks no domingo.

No dia 12 de março de 2009, um homem sequestrou sua filha de 5 anos, roubou um avião de pequeno porte e voou por cerca de duas horas ao redor da cidade de Goiânia antes de cair em um estacionamento de um shopping. Os dois morreram. O evento “destacou a vulnerabilidade para potenciais ações terroristas”, escreveu o então embaixador Clifford Sobel.”

A matéria ainda destaca que o procedimento para abater a aeronave foi considerado e as decisões legais foram iniciadas, porém as autoridades não foram rápidas o suficiente: enquanto o caso passava pela rede de comando, o avião caiu. Isso ilustraria, segundo o emabaixador, a vulnerabilidade a qual o país estaria exposto no caso de ataques terroristas – pela ineficiência de tomar uma decisão rápida.

O documento ainda cita o caso em 2004 que foi autorizado o abate de uma aeronave que contrabandeava drogas, no espaço aéreo amazônico.

Para ler o texto completo (em inglês), clique aqui.

 

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Blogosfera, Jornalismo, Política e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s