Pesquisas eleitoreiras

As pesquisas eleitorais mudaram o rumo dessas eleições. Marina Silva tinha condições de ultrapassar José Serra e fazer um segundo turno contra Dilma Rousseff. Não fossem as pesquisas eleitoreiras. Ouvi muita gente dizendo: “ah, eu ia votar na Marina, mas ela não vai ganhar…”. Portanto, o humilde autor desse blog não considera mais nenhum tipo de pesquisa que venha falar sobre as eleições. Pode ser um pouco radical, mas a vitória e derrota não são mostrados na frieza de números, mas sim no calor das urnas.

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Cotidiano, Mídia, Política, Rápidas e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Pesquisas eleitoreiras

  1. Luiz Nascimento disse:

    É por essas e outras que sempre fui radicalmente contra a divulgação de pesquisas de intenção de voto durante o período eleitoral.

    Algo manipulador, mesmo que(ingênuamente falando) indiretamente.

    Bons posts, Disimo!!

    Abraço!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s