Recordar é viver

Já que esse é um ano eleitoral, resolvi vasculhar o Youtube a procura de momentos que entraram para o folclore da política nacional. É meio que um “vale a pena ver de novo” dos ringues envolvendo políticos. Selecionei 10 vídeos, mas acreditem, há muito mais por ai, é só ter muita força de vontade – e estômago – para procurar e assistir. E é aquela velha máxima: “seria cômico, se não fosse trágico”.

10º Lugar – Renan Calheiros e Tasso Jereissati discutem no Senado

9º Lugar – Renan Calheiros, Pedro Simon e Fernando Collor batem-boca sobre a renúncia de José Sarney. É nesse episódio que Collor manda o companheiro senador Simon engolir.

8º Lugar – Debate dos presidenciáveis de 1989. Ocorre o atrito entre o folclórico Paulo Maluf e Leonel Brizola.

7º Lugar – Em 2000, Marta Suplicy manda Paulo Maluf se calar

6º Lugar – Bate-boca no STF. Ministro Gilmar Mendes provoca e Joaquim Barbosa responde.

5º Lugar – Quércia “remixado”: mentiroso, caluniador

4º Lugar – Mensalão do DEM – Membros da Câmara do DF recebendo dinheiro do contribuinte

3º Lugar – Dança da impunidade: Deputada do PT comemorando a absolvição de envolvido no escândalo do mensalão

2º Lugar – Gilberto Kassab chamando o trabalhador pobre de vagabundo

1º Lugar – José Serra desce a lenha em Heródoto Barbeiro após ser questionado sobre os pedágios absurdos em SP.

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Política, Vídeos. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Recordar é viver

  1. Carla (da sala) disse:

    Gente, adorei seu blog. Parabéns!
    Você parece gostar bastante de política, né?
    Continue assim, viu.. e posta sempre que estarei de olho aqui.
    Beijos

  2. Gustafá disse:

    Gostei do video do Brizola. Filhote da ditadura, mesmo!

    Recomendo a leitura sobre o MNR no Brasil e sobre a guerrilha do Caparaó.

    Farô!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s