Sabatina na Folha de S. Paulo

Ocorreu hoje, no Teatro Folha, a sabatina promovida pelo jornal Folha de S. Paulo e pelo portal UOL com o candidato à presidência do Brasil José Serra. O evento, que estava marcado para às 11h, começou por volta de 11h45, devido ao atraso do sabatinado. A plateia era composta por assinantes do jornal e do portal e estudantes do Mackenzie. Em uma área na primeira e segunda fileiras, estavam nomes significativos do cenário político atual, como o prefeito da capital paulista Gilberto Kassab (DEM), Geraldo Alckmin (PSDB), Orestes Quércia (PMDB) e Afif Domingos (DEM). A presença de políticos do Democratas gerou mais expectativa ainda sobre o vice de José Serra, que foi o tema inicial abordado no evento.

Temas polêmicos foram abordados, como o pré-sal, reforma tributária e a continuidade de programas do governo Lula, especificamente, do Bolsa Família. Porém, temas importantes deixaram de ser enfocados com mais profundidade, ou sequer foram citados, como saúde, e principalmente transportes. O conceito de participação da plateia no evento também é questionável, já que as perguntas foram feitas basicamente pelos jornalistas Fernando Rodrigues, colunista da Folha e do UOL, Renata Lo Prete, editora do Painel, Vera Magalhães, editora do caderno Poder, e Rodrigo Flores, gerente geral de Notícias do UOL. Os internautas e os presentes tiveram pouco destaque nos questionamentos. Mas, segundo Rodrigues, todas as perguntas serão entregues ao candidato e sua equipe. As respostas, que eram enviadas por escrito a um mediador, serão publicadas no UOL e no Folha.com. As perguntas dos usuários online foram enviadas em vídeos de até 20 segundos.

O foco econômico dado ao evento foi ruim. Além disso, José Serra cometeu duas gafes. A primeira, referindo-se à precariedade das estradas federais em Mato Grosso do Sul, foi dizer que “a soja que sai daquela região, de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso do Norte enfrenta dificuldades (…)”. Instantes depois se corrigiu. Já a segunda, é tão ou mais grave, e diz respeito a subestimar a capacidade intelectual dos eleitores. Ao ser indagado por Renata Lo Prete se os eleitores entederam a comparação de Luís XIV a Lula, ele foi enfático: “não, é claro que não”, com um sorriso de desdém.

Um papel ridículo fez a trupe dos apoiadores de Serra que estavam nas primeiras fileiras. Quando Serra disse que Lula chamava o Bolsa Família de Bolsa Esmola, seus colegas partidários aplaudiram efusivamente e gritaram vivas ao tucano. Mas, o evento teve situações engraçadas também. Um internauta perguntaria a Serra sobre a massiva entrada de produtos chineses no Brasil, e ao invés de no telão aparecer essa pergunta, entra no ar uma adolescente questionando o candidato sobre a união civil de pessoas do mesmo sexo. Erro, este, que rendeu muitas risadas diante do embaraço gerado aos jornalistas e ao presidenciável.

Um evento muito interessante. Porém, uma das perguntas que eu fiz não teve o tema sequer citado: ela tratava do fato de São Paulo ter sido o Estado que mais gastou com publicidade. Perguntei se esses gastos seriam justificáveis.

Gostaria de ter ido ao evento promovido pela Folha que teve Marina Silva e, espero que Dilma apareça em outra data. Para ler sobre a sabatina clique aqui e para assistí-la na íntegra, aqui.

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Sabatina na Folha de S. Paulo

  1. Fe Toyomoto disse:

    Di ficou execelente o texto, “aplaudiram efusivamente e gritaram vivas ao tucano” puxasaquismo é o há nesse meio né. Concordo, espero que a Dilma apareça em outra data e dessa vez mais simpática, porque convenhamos carisma,definitivamente, não é o forte dela haha, ahh queria muito ter ido! :PP
    Beijos (Fe Toyomoto)

  2. Pingback: Tweets that mention Sabatina na Folha de S. Paulo | Textos para pensar -- Topsy.com

  3. Arthur disse:

    Bom texto, só discordo quanto a “a subestimar a capacidade intelectual dos eleitores.” acho que nem 30% dos eleitores sabem quem foi Luís XIV(sic).

  4. Arthur disse:

    Bom texto, só discordo em “subestimar a capacidade intelectual dos eleitores”, aposto meus dois braços que nem 30% dos eleitores sabem quem foi Luís XIV(sic).

  5. Luis Carlos L. Silva disse:

    O texto começa informando sobre o atraso do candidato e segue em sua busca infantil a argumentos contra o mesmo. O nível do texto sem dúvida é compatível com a indigência mental dos eleitores petistas. Impressiona um estudante universitário não ter o mínimo senso de autocrítica para expor sua indigência mental ao público. Parabéns pelo eco encontrado na mídia paga para ventilar sua mediocridade.

    • disimo18 disse:

      É sempre bom ouvir opiniões diferenciadas. Talvez o senhor prefira textos para pessoas menos medíocres e “compatíveis com sua indigência mental”. Vá ler blogs como o de Reinaldo Azevedo. Esse sim tem compatibilidade com a sua indigência mental. Manifeste-se a vontade, Luis Carlos. O senhor é bem-vindo nesse espaço.

  6. Lídice Leão disse:

    Pelo jeito, não foi só a sua, mas várias perguntas ficaram sem resposta… Isso para um jornalista, ou um estudante de jornalismo, é quase uma ofensa. Belo texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s