Oriente Médio em chamas

Bush quer cessar-fogo e fim de ataques do Hamas


O presidente norte-americano, George W. Bush, disse nesta segunda-feira que qualquer esforço de trégua para encerrar a crise em Gaza deve incluir ações que previnam o lançamento de foguetes em Israel pelo Hamas na faixa costeira.
“Em vez de se importar com o povo de Gaza, o Hamas decidiu usar a região para lançar foguetes e matar israelenses inocentes”, disse Bush a jornalistas após uma reunião na Casa Branca com uma autoridade do Sudão. “Obviamente, Israel decidiu se proteger”.
“Qualquer medida de trégua precisa ter condições para que o Hamas não use Gaza como um lugar para lançar foguetes”, acrescentou Bush.

http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI3427898-EI308,00-Bush+quer+cessarfogo+e+fim+de+ataques+do+Hamas.html

Um tanto quanto absurdo e esperado esse pronunciamento. Ele diz “israelenses inocentes”, mas e os milhares de feridos e centenas de mortos de palestinos inocentes também?!
Não se comparam o tanto de mortos que houve, entre palestinos e israelenses desde que essa insanidade recomeçou.
Para começar o ataque israelense é totalmente desproporcional ao contingente do Hamas.
O Hamas não foi eleito? (…)
Volto a falar…Israel é a causa desse conflito. É só procurar pelos antecedentes da criação desse país (que nem é reconhecido por muitos países árabes).
Por que ninguém fala da política expansionista de Israel logo após 1948? Por que ninguém fala das atrocidades, chamadas de guerras, que foram cometidas por conta de mais territórios?

Condenar os ataques não adianta. Deve haver ação dos países e das entidades internacionais (ONU e etc…). Foguetes de porte relativamente pequeno são correspondidos com tanques, invasões de soldados por terra e incessantes bombardeios e ninguém faz nada.
Agora, vitimizar Israel já é demais. (O Estado, e não a população “civil”)

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s