Segunda Fase da FUVEST

Parabéns a todos que passaram para a Segunda Fase do vestibular mais concorrido do país.
As notas de corte foram mais altas com relação aos anos anteriores e o número de incritos foi o menor desde 1997. Abaixo, algumas dicas para enfrentar a maratona da semana em que ocorrerão as provas (dia 4 a 8 de janeiro):

Além dos conteúdos, que devem ter sido revisados durante o ano, algumas últimas recomendações e dicas podem ser decisivas neste momento.
Confira o que dizem especialistas para ajudar você a se preparar na reta final.

Fique tranqüilo

– Na véspera da prova, tente manter a traqüilidade e respeite sua rotina. O estudante pode optar por relaxar ou revisar conteúdos, mas desde que sejam resumos pequenos.
Evite estudar assuntos novos para que a ansiedade não aumente.

– Mesmo que a opção seja estudar na véspera, tente intercalar os momentos de estudo com alguma atividade que lhe dê prazer e faça-o sentir-se bem.

– No dia da prova, sua rotina também deve ser respeitada. Alguns alunos se sentem mais confiantes se tiverem uma “cola” por perto para dar uma última olhada antes da prova, outros preferem tentar se manter tranqüilos e não pensar nos conteúdos.

– Tenha sempre em mente os conhecimentos adquiridos e o esforço para chegar até ali ao invés de focar seu pensamento nas disciplinas que você tem mais dificuldade.

– Antes da prova, procure fazer um relaxamento, alongar o corpo e respirar fundo. Se você sentir que está muito ansioso, feche os olhos e pense em uma situação agradável e tranqüila, como se você estivesse com amigos ou na praia.

– Quando receber o teste, dê uma olhada geral nas questões e comece pela disciplina que você tem mais facilidade para sentir-se mais seguro.

– Quanto aos pais, é importante que eles respeitem a vontade dos estudantes e deixem claro que eles estão à disposição caso os jovens precisem de ajuda.

– Outra dica para os pais de vestibulandos é que eles evitem deixar os estudantes ainda mais ansiosos e que expliquem para os filhos que o vestibular é apenas um exame e não uma maneira de mensurar se alguém é melhor ou pior que os outros.

Fonte: Dulce Helena Hatzenberger – coordenadora do Departamento de Psicologia do Trabalho da PUCRS.

Alimente-se bem

– Na véspera da prova, o ideal é manter a rotina alimentar, apenar evitando exageros. Ou seja, mesmo que você não costume ter uma alimentação saudável, evite excesso de frituras e comidas muito gordurosas, como estrogonofe ou maionese. O objetivo é evitar um desequilíbrio da função gastro-intestinal.

– Tome cuidado também para não comer fora de casa, principalmente se o restaurante ou lanchonete não forem conhecidos. Evite o risco de contrair infecção intestinal, muito freqüente no verão em função da rapidez com que os alimentos se deterioram nas altas temperaturas.

– Um dia antes do exame, evite também ingerir bebidas alcoólicas em doses elevadas. O álcool, quando em grande quantidade, é um depressor do sistema nervoso central, causando lentidão de raciocínio e de reflexos. Além disso, ele bloqueia a produção de glicose pelo fígado, podendo causar hipoglicemia (redução dos níveis de glicose no sangue), o que compromete o funcionamento cerebral. O abuso na véspera pode também trazer mal-estar digestivo e dores de cabeça.

– No dia da prova, tome os mesmos cuidados da véspera e privilegie alimentos como arroz, pão, bolachas, polenta, aipim, batatas e bolos. Eles possuem os chamados carboidratos complexos, que são vantajosos porque liberam glicose de forma lenta e contínua para o cérebro. Outra qualidade desses alimentos é que eles aumentam as quantidades de serotonina, um hormônio do bom humor e do prazer.

– O leite também é uma excelente fonte precursora de serotonina. Está liberado.

– A hidratação é fundamental no dia da prova, principalmente durante o vestibular de verão. É preciso garantir a reposição das perdas pelo suor, ocasionadas pela descarga de adrenalina da própria condição de ser vestibulando e pela alta temperatura da estação. O ideal é que se use água ou bebidas com glicose, como sucos naturais e água de côco. Se não for possível, refrigerantes também podem ser consumidos.

– Os excitantes cerebrais, como café, guaraná, ou bebidas energéticas só trazem benefícios se o vestibulando estiver com poucas horas de sono e necessitar ficar alerta.

Fonte: Cileide Moulin – coordenadora do curso de Nutrição da UFRGS
http://www.terra.com.br/noticias/educacao/fuvest-2009/04.htm

Ou seja, não adianta desespero. Realizar a prova com calma e concentração é fundamental.
Além do mais, evite chegar em cima da hora, para que você tenha um tempo para se concentrar antes de inciar a prova.

Anúncios

Sobre Diego Moura

Jornalista com experiência em comunicação corporativa na área de mineração e assessoria de imprensa em organização pública. Um dos autores do livro-reportagem "Não foram apenas as unhas - As mulheres no inferno da ditadura". Atualmente, tem interesse em trabalhos em redação e cobertura jornalística. É autor do blog "Textos para pensar".
Esse post foi publicado em Cotidiano, Vida do Disimo. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Segunda Fase da FUVEST

  1. Luh disse:

    Assim eu chorooo =(Drooga =(

  2. Disimo disse:

    Chegará sua vez…;-)

  3. Daniela disse:

    Eu passeeeei!Tudo bem que é só treineiro, mas… As notas de corte estavam muito altas, ainda mais pq dos que estavam fazendo treineiro no meu grupo de amigos, a maior pontuação foi a minha (57)… =/ fiquei assustada, tem muita gente lá fora muito melhor, pelo jeito.Essas dicas são muito boas, vale a pena seguir à risca.

  4. Sinopses disse:

    Não é necessário tudo isso, é preciso apenas conhecimento geral apurado, auto-confiança, auto-controle e auto-conhecimento. Com relação a alimentação, ´só não pode haver excesso, não adianta tomar leite de soja a semana inteira e chegar “minguado” pra prova…O que não adianta?? Ficar rezando em busca de um milagre, promessas, estudar 24 horas a cada dia no ultimo mês, arrependimentos pelas horas disprediçadas com bobagem na escola…, esperar que os outros façam uma prova ruim…Afinal quem depende dos outros são os drogados não é? heheheCompetência, coerência e conhecimento são as chaves do sucesso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s